Bárbara Lemos
Follow me

MOMENTOS QUE FAZEM PENSAR…

MOMENTOS QUE FAZEM PENSAR…

Os dias demoram a passar, passaram 6 dias desde que deixei a minha Rafinha em Braga com a nossa Mimi, mas na minha cabeça já passaram uns 60 dias. Custa tanto…

Não vejo a hora de poder estar contigo novamente e de poder ter as minhas 2 princesas juntas novamente. É uma grande mágoa, o não poder acompanhar-te a 100%. Eu sei que estás super bem, com terapeutas fantásticas e a ser cuidada pela tua Mimi que tanto adoras. Mas eu estou a falhar, sinto verdadeiramente isso no meu coração. Eu não posso deixar de trabalhar, não posso mesmo, infelizmente o dinheiro é um “mal” necessário. Tanta discussão tem havido sobre os cuidadores informais mas nada se tem feito. Será mais importante a legalização da venda de canabbis recreativa por exemplo? Ou o dinheiro que os deputados gastam em viagens, em despesas fictícias, etc etc… Tanta coisa.. Mas isso dava uma longa discussão…

Hoje de manhã estive num funeral de alguém que adorava a vida, que tinha um brilho nos olhos de felicidade de viver. Um homem de 38 anos, de uma educação e um cavalheirismo sempre que falou comigo, de sorriso fácil e que, sem ninguém prever partiu, e deixou um filho de 12 anos. Não consegui segurar as lágrimas quando soube da notícia nem no seu funeral. E custou-me muito ouvir as palavras durante a cerimónia a dizer que tinhamos era de celebrar os momentos bons e não pensar no que ainda tinha para viver… Possa.. tive de sair.. a vida é mesmo injusta.. mas a verdade é que devemos aproveitar ao máximo cada dia, viver como se fosse o último e estar com aqueles que amamos. Lembrei-me tantas vezes do meu Paps…

Custa-me não poder estar do lado da minha filha. Já só faltam 3 dias para voltar para o norte e passar uma semana inteira a cuidar dela, mas desta vez a Kika vai comigo. Vai ser uma semana dedicada somente às 2… Mas e no final dessa semana? Eu tenho de regressar ao trabalho e a Rafinha volta a não regressar comigo. Na minha cabeça eu sei que ela está bem e que é mesmo para o bem dela, mas o meu coração diz exactamente o contrário. Quem me dera poder deixar tudo para trás…

É injusto que qualquer mãe ou pai que tenham um filho que precise de acompanhamento não o possa fazer, não tenha qualquer direito. E há tantas mães na minha situação e muitas delas bem piores… é desumano. Eu sei o esforço que tenho de fazer, eu e o Ricardo, para sozinhos darmos conta das terapias, médicos, internamentos, medicações, etc, e ainda termos que nos desdobrar para conseguir trabalhar. Fazemos tudo com todo o carinho mas há dias difíceis.

Recebo durante o dia fotos e videos da Rafinha nas terapias e não imaginam como o meu olhar brilha e como o meu sorriso aparece espontaneamente assim que vejo que tenho 1 mensagem de uma das terapeutas, de imediato sei que vou ver a minha bebé. E choro logo, de felicidade por vê-la e por ver as suas conquistas mas também de muita saudade e de muita culpa por não estar com ela…

Hoje foi um dia difícil, de muitas lágrimas e de muita saudade… amanhã é um novo dia!

 

 

2 Comments
  • Vera Cardoso
    Posted at 01:47h, 18 Janeiro Responder

    Realmente … a vida são mesmo as pequenas vitórias .. preferia não vos ter como exemplo de coragem tão próximo mas é um facto irrefutável pelo que essa menina é fruto de dois seres humanos que não merecem nada do que estão a passar… se é porque são fortes? Se é porque tem um coração gigante? Não sei .. sei que não mereciam tudo isto… mas se assim é que seja Sempre com algo positivo ao redor.. as conquistas da Rafinha estão a par com as vossas conquistas – de superarem todas essas batalhas de conseguirem estar longe mas sempretak perto da vossa menina .. custa -me que tanto sofrimento esteja numa só casa … mas temos de acreditar que será uma história com um “final feliz” como as histórias dos livros das princesas … um grande beijinho !!!!!

    • Bárbara
      Posted at 15:30h, 22 Janeiro Responder

      Oh minha querida Verinha.. obrigada pelo teu carinho, temos tantas saudades 😉 são muitas batalhas para travar mas juntos somos mais fortes e com amigos assim tudo se torna muito mais facil. Um beijinho gigante

Post A Comment